NOTÍCIAS / Pesquisa Eleitoral irregular é suspensa pela segunda vez por Justiça em Cajobi

11/11/2020

Pela segunda vez tentam divulgar pesquisa fraudulenta em Cajobi, na ocasião  foi a empresa Ernando Ferreira Gomes Lopes ME que requereu o registro de pesquisa no Cartório Eleitoral de Monte Azul para divulgação de pesquisa de intenção de votos para prefeito e vereadores  na cidade de Cajobi.

Novamente a Coligação A Verdadeira Mudança de Cajobi teve que ingressar com representação na Justiça Eleitoral para evitar que pesquisa fraudulenta fosse divulgada para iludir a população nessas eleições. A Coligação a Verdadeira Mudança alegou conter erros na metodologia adotada na pesquisa, bem como alegou estranheza que a contratante da pesquisa seja a própria empresa sediada em Goiás.

A Justiça Eleitoral acolheu os argumentos da Coligação e concedeu liminar para suspender a sua divulgação sob pena de multa de R$ 53.205,00  para quem divulgar. A lei proíbe a divulgação de pesquisa eleitoral fraudulenta e em caso de desobediência poderá, além da multa, responder processo criminal.