NOTÍCIAS / Presidente do Hospital de Amor cobra pagamentos atrasados de serviços prestados nas UBS e no Hospital Nossa Senhora

17/10/2020

Na manhã de ontem, o presidente da Fundação Pio XII,  Henrique Prata, concedeu entrevista a imprensa de Barretos, onde apresentou a situação dos pagamentos dos contratos firmados com a Prefeitura de Barretos, para a prestação de serviços na área de saúde do município. Segundo o dirigente, desde 2018, a Prefeitura vem efetuando os pagamentos atrasados do valor de R$658.767,76 contratado para a administração de cinco UBS´s (Unidades Básicas de Saúde) de Barretos, que tem a gestão do Hospital de Amor, até o mês de dezembro deste ano. “O valor acumulado  em atraso é de R$1.368.767,86 até o mês de outubro.  A média de atraso tem sido essa de 2 a 3 meses, e demonstra falta de compromisso com o prestador de serviço, que temos custos para manter o sistema em funcionamento”, afirmou Henrique Prata.

Já com relação ao Hospital Nossa Senhora, Henrique Prata, disse que o déficit é de 8 milhões de reais, já que foi feito um grande investimento para ampliar de 8 leitos de UTI para 55 leitos atualmente, para tratamento da Covid-19. “A Prefeitura recebeu 38 milhões, sendo 34 milhões do Governo Federal e 4 milhões do Governo Estadual, e só nós repassaram 18 milhões”, afirmou Henrique.